Fluvia Lacerda é uma das modelos mais vanguardistas do mundo, sendo considerada uma das mais importantes modelos da moda nacional e internacional. Neste texto, você descobre um pouco mais sobre a vida pessoal e profissional dessa artista com essa lista de 7 fatos interessantes.

1. Foi descoberta em 2003 num ônibus em Nova York

Nascida no Rio de Janeiro e criada em Roraima, Fluvia Lacerda se mudou para Nova York, nos Estados Unidos, com 16 anos para estudar inglês. Ela trabalhou como babá e faxineira por mais de cinco anos e em uma entrevista, relembra: “A gente passava necessidade no Brasil e eu fui sozinha para os EUA, para ajudar no sustento da família”.

 Em 2003, ela foi descoberta dentro de um ônibus em Manhattan por uma produtora de uma revista de moda e assim foi incentivada a entrar para a indústria. Com o tempo, ela passou a buscar agências de modelos e começou a atuar.

2. É conhecida como a “Gisele plus size”

Após algum tempo trabalhando como modelo, Fluvia ganhou popularidade e passou a atuar em outros mercados como Espanha, Canadá, Austrália, Alemanha, França e Inglaterra, para marcas como Mar & Nua, Tórrid, Kmart, Igigi e Fashion Bug. Desde então, ela vem sendo conhecida por muitos como a “Gisele Plus Size”, em referência à famosíssima modelo Gisele Bündchen e por conta da sua popularidade no mundo da moda plus size

Mesmo com essa comparação, muitos acreditam que o legado de Fluvia é único e que ela é uma das brasileiras que estão revolucionando a indústria, já que ela se dedica a lutar por estilos pensados para mulheres com todos os corpos. Assim, esse apelido não faria muito sentido.

3. Foi capa da “Playboy”

Segundo o site sobre famosos PurePeople, Fluvia Lacerda foi a primeira modelo plus size brasileira a ser capa da revista “Playboy”. Isso aconteceu em 2016. Desde então ela já atuou para marcas como Arezzo, Wella, Target, ASOS e FashionNova.

4. Está no ranking das 6 modelos plus size mais requisitadas no mundo

Com tanta popularidade e talento, Fluvia é considerada uma das melhores modelos da sua categoria. Em 2011, ela venceu o prêmio de modelo plus size do ano, durante a Full Figured Fashion Week. O evento foi idealizado em 2008 por Gwen DeVoe e vem se realizando no Metropolitan, em Nova York.

5. Apresentou o programa “Beleza GG”

Além das passarelas, Fluvia atuou como apresentadora de TV. A modelo apresentou duas temporadas do programa “Beleza GG”, no canal E!

6. Lançou o livro “Gorda não é palavrão: Como ser feliz gostando do seu corpo como ele é”

Ao ganhar experiência na indústria de moda plus size, Fluvia se tornou uma figura influenciadora e formadora de opiniões, tratando de temas como a gordofobia, autoimagem, e a pressão para se enquadrar em uma determinada estética. Em 2017, ela lançou o próprio livro sobre esses temas, chamado “Gorda não é palavrão: Como ser feliz gostando do seu corpo como ele é”. 

“A acessibilidade à moda para nós, mulheres gordas, em um país de proporções continentais como o Brasil, onde mais da metade da população feminina veste acima do manequim 48, ainda é vergonhosamente escassa. Poucas pessoas navegam de forma profunda neste assunto. Não temos disponibilidade de moda plus size no Brasil que satisfaça a demanda existente de forma justa”, disse ela sobre o assunto.

7. É casada e tem filhos

Fluvia Lacerda é mãe de Lua, nascida em 2000 e de Pedro, que nasceu em 2014. Desde 2018 ela é casada com um engenheiro agrônomo chamado Charles. 

8. Atua em prol da causa do Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Além de trabalhar como modelo, cuidar dos filhos e quebrar os padrões de beleza da sociedade, Fluvia ainda atua em apoio à consciência sobre o TEA – Transporto do Espectro Autista, que acomete Pedro, o seu filho mais novo. Recentemente, ela compartilhou com os seguidores das suas redes sociais que está tendo dificuldades em matricular o seu filho em uma escola. 

“Ser mãe já é difícil, ser mãe de uma criança deficiente, principalmente num país preconceituoso, problemático e complexo como o Brasil, é mais difícil ainda,” desabafou ela em uma entrevista exclusiva ao Terra.

By news