Acidentes de carro são comuns no mundo inteiro, sendo responsáveis por muitas mortes diariamente. Pessoas famosas não estão livres dessas tragédias, havendo casos de acidentes automobilísticos que acabaram matando celebridades. Neste artigo, veja 7 famosos que morreram dessa forma e as circunstâncias de suas mortes.

1. Lady Di

O primeiro caso é uma das grandes tragédias do mundo moderno. A princesa Diana morreu no dia 31 de agosto de 1997, quando o carro onde estava bateu contra o Túnel Alma, em Paris. No veículo, também estava Dodi al-Fayed, milionário egípcio que a imprensa acreditava ser o seu namorado. Ele e Lady Di morreram e, segundo a polícia, o motivo principal para o acidente foi excesso de velocidade e embriaguez do motorista.

Vale destacar que esse acidente gerou polêmicas, já que sete paparazzi estavam perseguindo o carro para conseguir registros da princesa Diana. Muitos acreditam que essa perseguição foi crucial para a tragédia;

2. Juscelino Kubitschek

O médico e presidente do Brasil entre 1956 e 1961, Juscelino Kubitschek, morreu em agosto de 1976 quando o seu Opala foi atingido por um ônibus enquanto ele viajava pelo Rio de Janeiro. Após sofrer a batida, o carro se chocou com um caminhão, o que acarretou na morte de Kubitschek.

Durante muito tempo, o acidente foi investigado e tratado como possível assassinato. Em 2013, o presidente da Comissão Municipal da Verdade de São Paulo afirmou haver mais de 90 indícios de um complô e atentado político, e a comissão concluiu que o ex-presidente foi assassinado. Contudo, no ano seguinte a Comissão Nacional da Verdade corrigiu-se, apontando que a morte de Juscelino Kubitschek foi acidental.

3. Cristiano Araújo

Um caso mais recente foi o do cantor Cristiano Araújo, que no auge da sua carreira, em 2015, faleceu quando voltava de um show numa cidade no sul de Goiás. O cantor e sua namorada estavam no banco de trás do carro. O condutor perdeu o controle, capotando o veículo.

O casal estava sem o cinto de segurança, foi arremessado para fora do veículo e ambos acabaram morrendo. Já o motorista, que estava com o cinto de segurança, saiu quase ileso e foi indiciado por duplo homicídio culposo, já que estava acima do limite de velocidade.

4. Gonzaguinha

Filho do ícone Luís Gonzaga, Gonzaguinha foi outro músico brasileiro a morrer em decorrência de um acidente automobilístico. O caso aconteceu em 1991, quando o cantor tinha apenas 45 anos. Também ao voltar de um show na região sudoeste do Paraná, o seu carro bateu fortemente contra uma caminhonete.

5. Paul Walker

Famoso por estrelar filmes da franquia Velozes e Furiosos, o ator Paul Walker morreu em novembro de 2013 por conta de um acidente de carro. Ele estava em um Porsche dirigido por um amigo, que acabou perdendo o controle e batendo em um poste. O automóvel pegou fogo e ambos morreram.

6. Ayrton Senna

Uma das maiores tragédias envolvendo famosos brasileiros em acidentes automobilísticos é a de Ayrton Senna, ídolo e tricampeão de Fórmula 1. O piloto morreu em 1994, na Itália, enquanto disputava pelo Grande Prêmio de San Marino. O seu carro colidiu em uma barreira de concreto na curva Tamburello, e o choque acabou levando Ayrton Senna a óbito.

O episódio foi transmitido para o mundo inteiro e depois disso, várias novas medidas de segurança para o esporte automobilístico foram implementadas.

7. Claudinho

A dupla Claudinho e Buchecha estava no auge no início dos anos 2000, e tinha acabado de lançar o álbum “Vamos Dançar” quando uma tragédia ocorreu.

Em 2002, eles estavam voltando em carros separados de um show de lançamento do álbum. Enquanto Buchecha estava em uma van com a equipe, Claudinho foi em um carro dirigido por outro motorista, que acabou derrapando em uma rodovia e batendo em uma árvore. O cantor morreu no local, e Buchecha perdeu o seu companheiro.

By news